Dennis Quaid interpreta pai violento em ‘Eu Só Posso Imaginar’, longa-metragem baseado em história real que estreia em março no Brasil

LONGA DIRIGIDO POR ANDREW ERWIN E JON ERWIN GANHA PRIMEIRO TRAILER E CARTAZ OFICIAL
A verdadeira e inspiradora história desconhecida por trás da renomada canção ‘I Can Only Imagine’, da banda de MercyMe, que oferece esperança para muitas pessoas, além de uma emocionante lembrança do poder do verdadeiro perdão.

A canção ‘I Can Only Imagine’, do cantor e compositor Bart Millard, inspirou a produção do longa-metragem homônimo “Eu Só Posso Imaginar”, com estreia nacional agendada para 29 de março. Com distribuição Paris Filmes, o filme acaba de ter seu primeiro trailer revelado.

Criada por Bart Millard, vocalista da banda norte-americana MercyMe, a música é o single de maior sucesso do grupo e exprime sua jornada autobiográfica de superação e fé. No cinema,  o ator J. Michael Finley dá vida a Millard, o jovem que sofreu durante a infância com o pai abusivo, interpretado por Dennis Quaid.

Em pouco menos de 2 minutos, o trailer revela a conturbada relação de Bart com sua família e seu encontro com a fé por meio da música. Enquanto Millard se distancia do convívio com seu pai, ele persegue o sonho de cantar e usa sua dor como inspiração para desenvolver sua carreira. Nesta missão, o artista reencontra o amor, e é surpreendido por ensinamentos de fé, que irão ajudá-lo a perdoar e transformar seu pai.

A canção que inspirou o filme ganhou dois Dove Awards em 2002, dos quais um foi na categoria “Música Pop/Contemporânea do Ano” e outro na categoria “Música do Ano”. Millard também ganhou na categoria “Compositor do Ano”. No Brasil, artistas como Chris Duran, Eduardo e Silvana e Dayan Paiva já regravaram a música.
Além de Dennis Quaid e J. Michael Finley, o drama reúne os atores Madeline Carroll, Cloris Leachman, Trace Adkins e  Rhoda Griffis.

Assista ao trailer aqui: