the polka king o rei da polca jack black netflixO Rei da Polca (The Polka King, 2017 )
Duração:  1h35
Direção: Maya Forbes
Roteiristas: Maya Forbes, Wallace Wolodarsky
Elenco:  Jack Black, Jenny Slate, Jason Schwartzman
Trilha Sonora: Theodore Shapiro
Direção de fotografia: Andrei Bowden Schwartz
Edição: Catherine Haight
O rei da polca local, Pensilvânia, Jan Lewen cria um plano para ficar rico. O que ele não sabe é que isso fará com que ele perca seus fãs e termine na cadeia. Baseado na história real de Jan Lewen o “Rei da Polca”

#3

Um ídolo local arrasta consigo uma multidão de fãs por onde ele passa. A maior parte deles, pessoas da chamada “terceira idade”. Ele é venerado e considerado por seus seguidores uma boa pessoa, idônea e esforçada. Esse cantor é Jan Lewen, um imigrane polaco, que mora na Pensilvânia e durante os anos 1980/90 fez sucesso em sua região.

O primeiro filme original da Netflix, do ano de 2018, é “O Rei da Polca” história baseada em fatos reais, protagonizada pelo comediante Jack Black. O filme é uma versão dramatizada do documentário “The Man Who Would Be Polka King” que mostra como esse comerciante de bugigangas se transformou em dono de um império musical.

Por meio da venda de “investimentos” que eram promissórias “doadas” por seus fãs, outras mentiras e, bons argumentos Lewen teve sua ascensão garantida. Para compor a personagem, Jack usa de suas conhecidas caretas para demonstrar que Jan teve alguma ideia ou se sentiu confuso. Esse recurso não funciona bem em todas as sequências, fazendo com que falte credibilidade nas cenas que há algum tipo de drama ou situação na qual a tônica hilária não está inclusa.

Ainda assim o filme, que se caracteriza em sua maior parte como comédia, é engraçado por mostrar de maneira irreverente um showman crédulo em seu sucesso e em sua capacidade artística. Outro ponto divertido são as coadjuvantes, todas apáticas e sem profundidade ressaltando a ideia da genialidade do protagonista.

A sogra (Jacki Weaver), o amigo de profissão (Jason Schwartzman) e a esposa (Jenny Slate) poderiam se destacar, mas isso não acontece. Existe até tentativas como os chiliques da sogra, os lamentos do amigo e a necessidade da esposa de ser algo além de um “acessório”. No entanto elas criam um complemento cômico que ainda assim não as destaca. Essa característica transforma “O Rei da Polca” em um filme que entretém, mas é apagado da sua mente rapidamente.

Lewen é o exemplo do honesto desonesto que crê piamente que o que faz não atingirá aos outros. E, ainda assim sofre quando percebe se atolar em mais problemas. Ele mente, manipula e deturpa. E Black faz isso parecer uma ironia, quase inocente.

A direção alcança a proposta de divertir de maneira efetiva, o que afasta o filme de ser uma bomba. É o tipo de filme indicado para ser assistido sem compromisso. Atualmente ele pode ser assistido aqui, na Netflix

Assista aqui ao trailer: